O QUE FAZ PARTE DO TRABALHO DE UM COACH?

O Coaching é uma das metodologias mais incríveis para alavancar a carreira de profissionais, promover alta performance, gerar autoconhecimento, plenitude, autorrealização e levar a resultados surpreendentes; porém, é uma nova atividade profissional e nem todos sabem o que faz ou não, parte do trabalho de um coach. Confira abaixo as oito ações que não fazem parte do trabalho de Coaching, pois são oriundas de outras metodologias e, a principio, não devem ser misturadas com Coaching – exceto com algumas raras exceções.

O QUE O COACH NÃO FAZ?

  1. Não tem a função de avaliar, emitir julgamentos, criar soluções e indicar um plano de ação para solucionar os problemas de um cliente (ações típicas de consultoria).
  2. Não tem o papel de analisar, diagnosticar ou buscar junto com o cliente os porquês dos problemas dele no passado para tratá-los (ações típicas de terapia).
    Tratar transtornos psicológicos ou eliminar disfuncionalidades humanas. (ações típicas de terapia).
  3. Mentorear, orientar, guiar, conduzir, indicar os meios de ação ou contatos influentes. (ações típicas de Mentoring/Mentoria).
  4. Aconselhar e orientar a melhor atitude diante de um desafio (ações típicas de counseling/aconselhamento).
  5. Indicar os padrões de ação, pensamento e emoção que devem ser repetidos para alcançar o resultado desejado (ações típicas de quem trabalha com autoajuda).
  6. Injetar motivação no cliente contando historias de superação e sucesso, influenciando o estado emocional do cliente através de seu tom de voz e energia (ações típicas de um tipo de palestrantes motivacionais).
  7. Realizar práticas para gerar forte impressão, catarse emocional ou experiencia extrema (ações típicas de treinamentos de alto impacto).

Agora que já esclarecemos o que não faz parte do trabalho de Coaching, será mais fácil compreender o que um coach realiza nas sessão com seus clientes. Confira abaixo as oitos ações que um coach frequentemente executa no trabalho junto a seu coachee:

O QUE UM COACH FAZ?

  1. Cria uma parceria com clientes em prol do desenvolvimento pessoal e profissional deles.
  2. Estimula o processo criativo e a geração de inovação no pensamento.
  3. Provoca, através de perguntas, novos estilos de pensamento e raciocínio.
  4. Provoca consciência e autoconhecimento.
  5. Gera um processo maximizador do potencial humano.
  6. Trabalha para dissolver limites autoimpostos e liberar o potencial de seu coachee.
  7. Trabalha em prol da maximização do desempenho e da alta performance.
  8. Aplica ferramentas ou técnicas facilitadoras, compartilha conhecimentos de valor e cria as oportunidades que o coachee precisa para desenvolver-se e cumprir com seus compromissos.

 

Autor do artigo:

Maurício de Freitas – Coach Nível Sênior
Vice-presidente das associações internacionais ICI, IN e WHO
Coach Master Trainer, ICI
Trainer de Neuro-Semântica
Social Panorama Consultant